Skip to content

Tatu Fogueteiro voltou: Na pandemia, Prefeitura inaugura obra com festa

Na pandemia Prefeitura inaugura obra com festa

Desde o início da pandemia o Brasil tem sido tomado por discursos antagônicos, principalmente entre os políticos, que faz com que o país tenha um dos piores desempenhos no combate a COVID-19 no mundo.

Em Bragança Paulista, o prefeito Jesus Chedid, que nos últimos dias chegou a endurecer o discurso e proibir o comércio em dois bairros da Zona Norte, parece ignorar a pandemia quando a pauta é inauguração de obra pública.

O sofrimento da população – parte trancafiada em casa, parte doente e parte desempregada – é colocado de lado e o ritmo de pré-campanha eleitoral, ganha força. Nos últimos dias, dezenas de obras são inauguradas, inclusive com fogos de artifício.

Com seus 81 anos de idade, o prefeito Jesus Chedid, que tem despachado de seu escritório político e feito um isolamento social parcial não participa presencialmente dos eventos, porém até a emissão de alvarás do Corpo de Bombeiros para escolas, o que nada mais é do que uma exigência legal, tem sido inaugurada com direito a placa, fita descerrada e tudo que tem direito.

Com a série de inaugurações feitas pela administração muita gente se pergunta se não era melhor, esperar a pandemia passar, já que parte das obras inauguradas sequer poderão ser usadas.

Aumento de casos

Bragança Paulista alcançou hoje a marca de 517 casos confirmados de COVID-19, o que representa um aumento de 137,1% no número de casos de COVID-19 no município no mês de junho. No dia 31 de maio, antes da flexibilização do comércio o município tinha 218 casos.

Acontece, no entanto, que o calendário eleitoral ainda não foi modificado. Com isto, a partir de julho, candidatos, não podem participar de eventos de inauguração como o realizado nesta segunda-feira, 29, com direito a dezenas de convidados, entre eles vereadores da base do Grupo Chedid e o secretário Estadual de Turismo, Vinícius Lummertz. representando o governador João Doria.

Se as inaugurações não fossem feitas agora, portanto, os políticos – muitos idosos e portanto, do grupo de risco – que são candidatos ficariam fora das fotos e das comemorações.

Mesmo com as obras sendo importantes será mesmo que há o que comemorar, com festa e discursos políticos, no momento em que estamos vivendo?

Quanto custou?

Quanto dinheiro público tem sido gasto nestas inaugurações? Estas são algumas das perguntas que o Em Pauta, recebeu na tarde desta segunda-feira, 29, de leitores, indignados com o barulho dos fogos.

Vale lembrar, que na última sexta-feira, 26, durante seu pronunciamento, a secretária de Saúde Marina de Fátima Oliveira, chegou a recomendar para a população que não era hora de fazer festa. Que exemplo, portanto, dá a Prefeitura de Bragança Paulista, fazendo uma festa de inauguração com luzes e fogos de artifício, um dia após tentar impedir que jovens fizessem um pancadão e soltassem pipa nas ruas da Zona Norte? Perguntam os leitores indignados.

Muitas das obras inauguradas nos últimos dias sequer poderão ser desfrutadas tão cedo pela população como por exemplo, as obras de reformas de escolas, cujas aulas, devem voltar somente em setembro. O mesmo vale para obras de reformas do Museu que ainda não tem data para abrir e até mesmo do prédio do Colégio São Luiz, onde será implantando um Centro Cultural, que sequer têm previsão de abertura.

No caso do Centro Cultural, não há nem móveis no local ainda para que o mesmo possa entrar em funcionamento. E mesmo que tivesse, o prédio ainda permanecerá fechado já que por questões sanitárias, os eventos, shows e exposições estão proibidos para evitar a aglomeração.

E por falar em aglomeração, quem viu a festa transmitida ao vivo pela internet, percebeu que no local havia cerca de 100 pessoas, entre funcionários da obra, secretários e vereadores. Quem ficou de fora da comemoração foi somente a população, que não foi convidada a participar do ato, afinal a pandemia como diz o carro de som que passa diariamente nas ruas da cidade, ainda não acabou.

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados