Foto: Reprodução  Balenciaga

Nos últimos dias as redes sociais foram invadidas pela brincadeira: “Diz que é de Bragança  mas…..”

E com isto muita gente sentiu saudade do passado. Saudades de brincadeiras antigas, doces, estabelecimentos que já não existem mais, mas que marcaram época.

Esta nostalgia não está somente nas redes sociais.

As decorações vintage estão em alta, assim como as casas de bolo “caseiro”, por exemplo, que se espalham por todos lugares com sucesso, afinal quem não quer o bolo da vovó, quentinho e saboroso, mas sem ter o trabalho de fazer?

Na moda, a nostalgia também está presente e a tendência para o inverno é um revival dos anos 80, com mangas com volume, maxilaços, brilho e mistura de estampas.

Já quando o assunto é tênis algo tem chamado atenção, principalmente dos jovens: o tênis “tiozão”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Isto mesmo grandes marcas como Nike, Louis Vuitton, Balenciaga e Gucci estão “relançando” o tênis tiozão.

Foto: Reprodução Nike

A nike, por exemplo relançou o “Grandstand II”,

O tênis é um modelo de 1992, pensado para quadras de tênis, que teve suas principais características mantidas.

Tem uma sola alta e três cores: branco com detalhes verde e laranja, branco com detalhes em cinza e também rosa.  O modelo custa em torno de R$ 800,00.

Mas um “tênis tiozão da Gucci, por exemplo, como o modelo  Rhyton, feito de couro cru com sola de borracha é vendido a R$ 3.450 no Brasil.

Outro tênis “tiozão” é o Triple S, tênis da Balenciaga apresentou que foi lançado ano passado e mesmo sendo vendido por US$ 850 se esgotou em poucos dias.

A tendência ainda está se espalhando pelo Brasil, então se você não encontrar os modelos nas lojas ou então não estiver disposto a desembolsar tanto dinheiro assim, vale a busca em um tênis de brechó, ou quem sabe achar um par perdido no guarda roupa do seu pai ou tio.

 

Deixe uma resposta