Quem não conhece o famoso poema de Drumond de Andrade, “No meio do caminho”?

Ao receber algumas fotos de um acidente, registrado na tarde deste sábado, dia 2, pela nossa leitora Camila Oliveira, nós aqui da redação do Bragança Em Pauta logo lembramos do poema  que  diz:

“No meio do caminho tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
Tinha uma pedra
No meio do caminho tinha uma pedra”

Só que no lugar da pedra era um poste.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



E o poste, estava  no caminho de um Prisma, preto, de placas EMJ-8830, que seguia pela Avenida Norte/Sul, cujo motorista, perdeu o controle de direção, na curva e acabou colidindo o veículo contra o poste, que ficou danificado.

Com o impacto da batida, a frente do veículo ficou totalmente destruída.

O trânsito ficou lento no local e agentes de trânsito orientaram os motoristas, por causa dos riscos de outros acidentes, já que o fato aconteceu na curva.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estiveram no local.

Não há informações de feridos.

Faça você também como a Camila Oliveira. Viu algo que pode virar notícia? Mande para gente, in box na nossa página no facebook ou para o e-mail: redacao@bragancaempauta.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *