O mês de agosto será marcado pela exibição de obras cinematográficas brasileiras todas as quartas-feiras, no Centro Cultural Geraldo Pereira, no Matadouro.

As exibições são promovidas pela Secretaria de Cultura e Turismo, gratuitamente e acontecem sempre a partir das 20h. Não é preciso retirar ingressos antecipadamente.

Nesta quarta-feira, dia 2, haverá exibição do o longa metragem “Tapete Vermelho”, que promete animar os espectadores. O enredo do filme é marcado pela busca incansável de Quinzinho por um cinema que ainda exiba obras de Amácio Mazzaropi para seu filho assistir, pois é uma tradição de família. Quinzinho e a família partem em uma aventura hilária, sem destino, à procura do filme.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 



 

Já no dia 9, será a vez do público se emocionar com a simplicidade e genialidade do ator e cineasta Amácio Mazzaropi. O filme “Um caipira em Bariloche” conta a história de Polidoro, um fazendeiro simplório que é enganado pelo genro vigarista e quase perde a fazenda que tanto ama. Polidoro vai a Bariloche em uma viagem muito engraçada, mas volta ao Brasil a tempo de interromper o golpe.

No dia 16, será exibida a comédia “Jeca e a Freira”.  Jeca, um matuto declarado, deixa que o fazendeiro a quem presta serviços cuide da educação de sua filha, levando-a para um colégio de freiras. Anos mais tarde, a jovem retorna à cidade e o fazendeiro faz de tudo para que a moça não tenha contato com seus pais biológicos. É uma história engraçada e emocionante.

Para fechar o mês, no dia 23 de agosto, o filme “Uma pistola para DJeca” narra a trama de Gumercindo, um homem simples que vê a filha engravidar do filho de seu patrão. Nove anos mais tarde, o neto de Gumercindo vira alvo de fofocas por não ser reconhecido pelo pai. Decidido a exigir que seu neto seja reconhecido pelo pai, ele se une a vizinhos para buscar justiça a sua maneira. É uma linda e contagiante narrativa.

A classificação indicativa de idade é livre, permitindo que todos possam prestigiar essas grandes obras nacionais.