Três flagrantes de tráfico foram registrados no final de semana e sete pessoas acusadas de tráfico foram presas.

A primeira prisão aconteceu na tarde de sexta-feira, dia 14. Policiais Militares faziam patrulhamento preventivo pela R. Aquiles Bianchi, quando avistaram a motocicleta Honda/CG 150 Titan, cinza, placa BXP-5307/B.P.

Piloto e garupa demonstraram nervosismo quando viram a viatura e, desconfiados, os policiais decidiram abordá-los identificando-os como Darlei Bueno Atanazio, de 29 anos e Clayton da Silva, de 30 anos.

Na revista pessoal, encontraram com o passageiro Darlei 29 papelotes de cocaína, R$ 290,00 e 01 celular e com o piloto Clayton encontraram R$ 1.415,00 em dinheiro e 01 celular.

Darlei alegou que a droga era para seu consumo próprio e que apenas tinha solicitado a Clayton uma corrida até o bairro do Toró. Clayton por sua vez, confirmou que estava apenas fazendo uma corrida para Darlei e que o dinheiro era proveniente do seu trabalho como mototaxista.

Os dois já tinham passagem por tráfico de drogas e assim, foram conduzidos ao Plantão Central, autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e recolhidos à cadeia. A motocicleta foi recolhida ao guincho.

A segunda prisão em flagrante aconteceu na tarde de sexta-feira, dia 14, no Torozinho. Policiais Militares se dirigiram até a Rua Vicente Garisto a fim de verificar denúncia de tráfico de drogas, que estaria sendo praticado pelos indivíduos “Bola”, “Coelho”, Felipe e Lindemberg.

Ao ver a viatura três indivíduos que lá estavam foram até um bar ali próximo. Os policiais foram atrás e abordaram os indivíduos, identificando-os como Vanderlei Conceição da Silva, de 33 anos, o “Bola”, Marcos Felipe de Oliveira, de 25 anos e Lindemberg Ribeiro da Silva Cardoso, de 27 anos.

Em seguida retornaram até a casa onde eles estavam, apontada como sendo a residência de “Bola” e fizeram busca pessoal nos três, encontrando com Lindemberg 19 porções de cocaína e 01 celular e com Marcos encontraram 21 porções de maconha e 01 celular. Nada foi encontrado com “Bola”, mas em sua casa, os policiais realizaram buscas e localizaram 90 porções de cocaína.

Os policiais tinham conhecimento ainda que “Bola” escondia drogas em outra casa na mesma rua, a qual estava desabitada. Foram até lá e na garagem encontraram 42 porções maiores de maconha e mais 88 porções de cocaína, tudo embalado para comércio.

Dando continuidade às diligências, os policiais foram até a casa de Marcos, também na mesma rua, onde encontraram Renan Souza Maia Silva, o “Coelho”, 24, que estava dormindo e embaixo do colchão localizaram mais 10 porções de maconha e 01 rolo de filme plástico, comumente usado para embalar droga.

Os quatro foram levados para o Plantão Central da Polícia Civil, autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e recolhidos à cadeia.

 Ainda na sexta-feira, policiais militares receberam informação que um indivíduo conhecido como  “Júnior Lima’, estava nas imediações de um bar existente na  Avenida dos Imigrantes vendendo drogas e que as drogas estariam escondidas em seu carro, um Fiat/Palio.

Os policiais avistaram então o veículo trafegando pela avenida e o acompanharam, abordando-o na Rua Dr. Cândido Fontoura da Silveira.

O condutor foi identificado como Laurenço Lima Santos, de 24 anos, sendo com ele encontrados R$ 600,00 em dinheiro e 01 celular.

Em revista ao veículo, os policiais encontraram no console 21 pedras de crack e 28 porções de cocaína. Conduzido ao Plantão Central, Laurenço foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e recolhido à cadeia.

 Além destas prisões em flagrantes, a Polícia Militar apreendeu drogas na manhã de sábado, dia 15.

Os policiais receberam informações de que quatro indivíduos estavam vendendo drogas no bloco 20 do CDHU e foram para o local.

Lá abordaram três indivíduos  sendo dois adolescentes de 16 anos e um maior, de 23 anos. Com um dos adolescentes os policiais encontraram R$ 304,00 e com o outro R$ 34,00 em dinheiro. Nada foi encontrado com o maior. Vistoriando o local, os policiais encontraram no padrão de energia elétrica 42 papelotes de cocaína. Enquanto realizavam a abordagem, chegou nova denúncia aos policiais de que o quarto indivíduo estaria em seu apartamento, naquele mesmo bloco e ele teria uma arma de fogo.

Os policiais foram até o apartamento e abordaram o indivíduo, de 24 anos, mas não encontraram nem arma de fogo, nem droga. Os quatro foram conduzidos ao Plantão Central e após registro de boletim de ocorrência e apreensão das drogas e dinheiro, eles foram ouvidos e liberados.