Na semana que vem, terça-feira, dia 6 até quarta-feira, dia 8, a unidade móvel do Nossa Energia estará em Bragança Paulista, disseminando o uso consciente e seguro de energia elétrica.

A iniciativa tem como objetivo levar conhecimento sobre eficiência energética para toda população e cadastrar clientes no benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica para que tenham descontos na conta de luz.

Além das orientações no caminhão equipes visitarão  bairros já mapeados pelo projeto,  para fazer a inscrição dos clientes na Tarifa Social.

Os clientes que se encaixarem no benefício, poderão trocar até quatro lâmpadas incandescentes ou fluorescentes compactas por quatro lâmpadas de led, disponibilizadas pela Energisa Sul-Sudeste.

Em Bragança Paulista, os bairros que serão visitados pelos agentes são: Jardim São Miguel, Toró, Penha e Vila Bianchi.

“O novo Nossa Energia está mais próximo da população. Além do cadastro, troca de lâmpadas, visitaremos as casas já mapeadas junto às secretarias de Assistência Social de cada cidade e faremos palestras para os alunos da rede municipal e estadual de ensino. Nosso objetivo é propagar cada vez mais o uso correto e seguro de energia elétrica”, destaca Thiago Peres de Oliveira, engenheiro Eletricista e responsável pelo projeto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Como se inscrever na Tarifa Social de Energia?

Para poder se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica é necessário que o cliente esteja em dia com as contas de energia, tenha o benefício social do Governo Federal e renda per capita de até meio salário mínimo. “Estes pré-requisitos são definidos pelo Governo Federal e os pedidos de cadastro passam por uma análise antes da confirmação do benefício.

Durante a visita da empresa o cliente precisa ter em mãos um documento pessoal com foto e uma conta de luz.

O projeto Nossa Energisa faz parte do Programa Energia Eficiente, da Energisa Sul-Sudeste, seguindo as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por meio do Programa de Eficiência Energética (PEE).

O que acontece na Unidade Móvel? 

O caminhão do projeto é climatizado e completamente adaptado para se transformar em uma espécie de laboratório, com aparelhos de alta tecnologia, e que mostram como utilizar a energia elétrica de forma correta.

A lateral do baú do veículo se expande e se transforma em uma sala de aula, com projetor multimídia, incluindo projeções interativas, jogos sobre geração de energia e consumo consciente, e a realização de experiências.

A unidade móvel atenderá os estudantes da Escola Municipal Profº Carlos Frederico dos Santos Silva, do bairro Jardim São Miguel.

Na oportunidade, o Instituto Entrando em Cena, patrocinado pela Energisa Sul-Sudeste por meio do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac), promoverá oficinas de confecção e pratica de bambolê e malabares para os participantes do projeto.

Deixe uma resposta