Vacinação contra gripe começa segunda e professores também serão vacinados

Na segunda-feira, dia 17, começa a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza em todo o país e a expectativa é de que até o dia 26 de maio, mais de 54 milhões de pessoas dos grupos prioritários sejam vacinadas.

Além de idosos a partir de 60 anos, devem ser vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas.

Também devem ser vacinados os funcionários do sistema prisional e portadores de doenças crônicas.

A novidade fica por conta da inclusão no grupo de pessoas  que devem ser vacinadas os professores das redes pública e privada.

PADRINHO – Neste ano, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza terá como padrinho, o sambista Martinho da Vila, que vai convocar todos os públicos a se vacinarem, em especial os idosos. A campanha publicitária começa ser veiculada amanhã, dia 16 e continua no ar até o último dia da campanha, dia 26 de maio.

PREVENÇÃO – A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

Este ano o Ministério da Saúde optou por dividir o cronograma de vacinação por grupos. Confira as datas de vacinação:

  • Etapa 1: Desde o dia 10 de abril estão sendo vacinados funcionários de hospitais
  • Etapa 2: A partir do dia 17 de abril : Trabalhadores da Saúde e idosos
  • Etapa 3: A partir do dia 24 de abril Crianças, Gestantes e Puérperas e indigenas
  • Etapa 4: A partir do dia 2 de maio Portadores de doenças crônicas
  • Etapa 5: A partir do dia 8 de maio –  Professores
  • Dia 13 de maio: Dia “D” para todos os grupos

 

Para se vacinar, procure a unidade de saúde mais próxima de sua casa.