Vereador desculpas calcinha

Por Filipe Granado

Depois de mais de quatro horas que viralizou as imagens do vereador Ditinho Bueno, do Partido Social Cristão (PSC), de Bragança Paulista, manuseando e cheirando uma calcinha durante a 21ª Sessão Ordinária, o parlamentar se pronunciou oficialmente por meio de nota.

Ele havia sido flagrado pela câmera de sua própria transmissão on-line quando estava em seu gabinete, no espaço físico da Câmara Municipal.

“Informo que recebi de um amigo, de presente, um embrulho, muito bem feito, pouco antes de entrar no prédio do Legislativo para participar de forma virtual, de meu gabinete, da referida sessão. O embrulho ficou sobre a minha mesa. Infelizmente, durante a sessão, em momento da fala de outro vereador, achei que tinha desligado a minha câmera e meu microfone, mas não procedi corretamente, ficando a câmera aberta. Resolvi abrir o presente do amigo”, diz o comunicado.

De acordo com Ditinho Bueno, se tratava de uma brincadeira e dentro do embrulho havia uma calcinha comprada em sex-shop.

“Só peguei a peça íntima, pois acreditava que a câmera estava desligada. Assumo toda a responsabilidade pelo meu ato e peço muitas desculpas para todos, pois não era de meu interesse ofender ninguém. Garanto que agi com a mais pura boa-fé, mas entendo que meu ato aconteceu em momento errado”, finaliza.

PROVIDÊNCIAS

Também por meio de Nota Oficial, o Departamento de Comunicação Institucional da Câmara Municipal informou que a Câmara Municipal “está analisando as imagens do vereador, e que a Casa estuda as medidas que podem ser tomadas”. A nota não é assinada pela presidente, Beth Chedid e por nenhum vereador da Mesa Diretora.

REGIMENTO INTERNO

No inciso III, do artigo 23 do Regimento Interno da Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista, consta que: “A Câmara Municipal poderá cassar o mandato do vereador que: proceder de modo incompatível com a dignidade da Câmara ou faltar com o decoro na sua conduta pública”.

Para isto, é necessária uma denúncia escrita feita por um vereador ou qualquer eleitor com a exposição dos fatos e a indicação das provas. Ou até mesmo por um ato da Mesa Diretiva.

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

 

Deixe uma resposta