A jovem de 17 anos que foi vítima da queda de um avião no domingo, em Bragança Paulista, continua internada em estado grave, com 80% do corpo com queimaduras. O acidente aconteceu na Fazenda Capuava, no Bairro da Bocaína, zona rural de Bragança Paulista em um local de difícil acesso.

Segundo o pai da garota,  Silvio Cesar Romero, a jovem foi transferida ainda na segunda-feira, 26, para o Hospital Irmãos Penteados, em Campinas, que possuí um Centro de Tratamento de Queimaduras  e seu estado de saúde é grave.

O pai da jovem, explica que a garota está em coma, possui uma fratura exposta no braço e drenos nos pulmões.

O pai até a tarde de hoje, 28, buscava informações sobre o morador da região onde aconteceu o acidente, Fernando Miranda, que socorreu a jovem para tentar entender o que houve no momento do acidente.

Ele quer saber, porque o piloto Lucas Bonventi, de 38 anos, não estava no local do acidente junto com sua filha.

 



Para a reportagem, Fernando relatou que viu o avião voando baixo e em seguida ouviu um barulho.  Quando chegou ao local e viu o avião em chamas, a princípio achou que não tinha ninguém no local.

Neste momento ele tirou uma foto e ouviu um grito. A garota teria se levantado do mato e pedido ajuda para ele, que  imediatamente acionou o Corpo de Bombeiros.

Andreia, esposa de Fernando, disse à reportagem que quando o acidente aconteceu ela estava na cidade e como o marido a avisou sobre o ocorrido, foi ela quem guiou a guarnição do Corpo de Bombeiros até o local, de difícil acesso.

Como estava escurecendo e a menina clamava por socorro, já que estava com boa parte do corpo queimado, Andreia relatou que o marido carregou a moça no colo, e depois desesperado, na moto dele, porque sabia que encontrariam na estrada o Corpo de Bombeiros.

Segundo Andreia e Fernando, até então eles não sabiam sobre o paradeiro do piloto. O mesmo, segundo o relatado por eles, só foi encontrado pelos bombeiros, também na estrada.

O piloto, sofreu ferimentos leves e foi liberado do Hospital Universitário (HUSF), na segunda-feira, 26. No boletim de ocorrência consta que ele relatou aos bombeiros na hora do acidente que tirou a menina do avião em chamas.

Segundo o registrado no Plantão Central da Polícia Civil, a aeronave caiu após colidir contra uma fiação e pegou fogo. A aeronave, é um monomotor anfíbio, de prefixo PU-RBJ, amarelo, com capacidade para dois lugares, que Lucas trouxe dos Estados Unidos há cerca de 6 meses.

O Centro de Investigação  e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) foi acionado e está investigando o caso, assim como o 1º Distrito Policial de Bragança Paulista.

Leitores do jornal on line Bragança Em Pauta, nos procuraram e disseram que os rapaz e a moça passaram o dia na represa dos rios Jaguari e Jacareí, com o avião, conforme mostra a foto.

O perfil do piloto nas redes sociais foi apagado. O pai da jovem relata que nem o piloto, nem ninguém da família dele, entrou em contato com eles, nem para saber o estado de saúde da garota.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8 Comentários

  1. aonde esta o piloto lucas Bonventi? esta bem né,
    nem se quer uma ligacao pra saber da Carol.
    o estado dela e gravíssimo,ela esta lutando para sobreviver,nenhuma uma palavra de apoio a familia.
    ele simplesmente sumiu.
    ele sabe vcomo foi como aconteceu isso.
    mas respeito com os pais e familiares da Carol, Sr Lucas Bonventi.

  2. Vdd..onde está piloto que sumiu…nao deu as caras para fala sobre que ele fez…vai ter que pagar na justiça seu pilantra…onde quer que vc esteja justiça vai te pegar e vc vai pagar caro …menina tinha 17 anos de menor não poderia voar sem autorização dos pais..e aeronave não poderia voar no Brasil td errado…

  3. Conheço o Lucas, ele é famoso por seus golpes entre colegas pilotos e imprudências na aviacao.
    A atitude dele não surpreende para aqueles que o conhece.
    Sugiro que os pais tomem atitudes severas pois o piloto possui muitas irregularidades e deveria estar preso.
    Ele já foi réu de varias ações em que perdeu, pelas mesmas razões que o colocou nesta situação.
    Este tipo de pessoa não merece continuar à solta, pois a Carol não foi a primeira vítima e não será a última.

  4. Família bonventi é rica, e sabemos o que isso significa no país em que vivemos…porém quem vive em Bragança sabe….quem são os Bonventi….desejo força a família que lute, com força , garra, ânimo e vá atrás da verdade e dos direitos….como que ajuda alguém e sai com ferimentos leves…como que ajuda e só um morre…infelizmente fatalidade acontece todos dias, mas quando se ha imprudencia e negligência, a justiça não pode se calar…

Deixe uma resposta