Zago: multa para saída é de R$3 milhões afirma Bragantino

O Red Bull Bragantino confirmou na tarde desta terça-feira, 24, que o técnico Antonio Carlos Zago realmente recebeu uma proposta para ser treinador no Japão. Acontece, no entanto, que a rescisão do contrato de Zago com o Bragantino prevê uma multa  que gira em torno de R$ 3 milhões.

A especulação sobre a transferência de Zago começou a circular pela imprensa na noite de segunda-feira, 23.

A reportagem do Jornal Bragança Em Pauta, tentou contato com o treinador mas não obteve resposta. O Bragantino não deverá se manifestar oficialmente sobre o assunto.

O Em Pauta, no entanto, apurou que o departamento jurídico do Red Bull Bragantino está alisando o caso e não deve abrir mão do pagamento dos R$ 3 milhões.

Contrato até 2021

Zago tem contrato com o Bragantino até o final de 2021. O contrato foi renovado antes mesmo do término da série B do Brasileiro, torneio em que a equipe sagrou-se campeã e foi responsável pela ascensão da carreira do treinador.

Em 38 jogos, o Bragantino somou 75 pontos, com 22 vitórias, nove empates e sete derrotas. A equipe teve o melhor ataque com 64 gols e também a melhor defesa, sofrendo apenas 27 gols.

O técnico fazia parte dos do diretor esportivo da Red Bull Bragantino, Thiago Scuro que teve seu contrato renovado até dezembro de 2023 e se negou a ir por exemplo para o Palmeiras.

A notícia caiu como uma bomba no meio futebolístico. Zago chegou a anunciar que ficaria na equipe e que seus planos eram não só manter o Bragantino na série A do Brasileirão em 2020, mas também, quem sabe, disputar uma vaga para a Copa Sul-Americana.

Relembre o trecho da entrevista:

Caso a multa de R$ 3 milhões seja paga, Zago deve assinar contrato com o  Kashima Antlers, do Japão por 2 anos.

Para ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias do Bragantino acesse: https://bragancaempauta.com.br/tag/bragantino/

 

<[uam_ad id=”35140″]>

 

Deixe uma resposta