Bastões de madeira e metal são apreendidos em ônibus da Torcida do Santos

Cerca de 60 torcedores do Santos ficaram sem assistir a partida entre Bragantino e Santos na noite de quinta-feira, 31. O Peixe derrotou o Massa Bruta por 4 x 1.  Os torcedores não assistiram a partida porque o ônibus da Torcida Jovem em que estavam foi abordado pela Polícia Militar. Durante a abordagem bastões de madeira e metal foram apreendidos no ônibus da torcida do Santos.

A abordagem

De acordo com o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, tudo aconteceu por volta das 18h. O pelotão de Força Tática do 34º BPM/I, fez a abordagem do ônibus na Avenida Dom Pedro, próximo a empresa Telha Norte.

Durante a abordagem os policiais militares constataram que o coletivo estava transportando mais de sessenta pessoas. Todos foram devidamente revistados mas nada de ilícito foi encontrado com eles.

Os policiais revistaram então o ônibus. Foi então que encontraram diversos bastões de madeira e barras metálicas no bagageiro. Os policiais, até pelo histórico de torcidas organizadas em estádios, entenderam então que estes objetos poderiam ser utilizados como armas em uma eventual briga.

Ao todo foram apreendidos 11 bastões de madeira cilíndricos, dois bastões de papelão pequenos. Além disso foram apreendidas ainda três barras de ferro cilíndricas, bem como um bastão de madeira retangular.

Boa parte dos torcedores alegaram que não sabiam do transporte dos bastões de madeira e de metal. . O presidente da torcida organizada e os diretores, por sua vez, afirmaram que os objetos seriam provenientes de artigos de Carnaval. De acordo com eles estes artigos estão sendo confeccionados, pois, a torcida organizada faz parte do grupo de acesso do Carnaval paulistano.

Todos os torcedores que estavam no ônibus foram qualificados, ouvidos e liberados. Os bastões de madeira e metal que estavam no ônibus da torcida do Santos foram apreendidos e o caso será posteriormente investigado.

A segurança no entorno do estádio do Bragantino ontem foi totalmente reforçada por causa da partida. Ontem, aliás também foi a primeira experiência com relação a proibição de cerveja no perímetro de 200 metros das portarias do estádio.

Foto Arquivo: PM realizando abordagens na entrada de Bragança Paulista

Deixe uma resposta