Na segunda-feira, dia 10, os secretários Municipais Manoel Botelho (Mobilidade Urbana) e Dorival Bertin (Segurança e Defesa Civil) participaram de uma reunião técnica, no Palácio dos Bandeirantes, para que Bragança Paulista possa fazer parte do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

Por meio do convênio, Bragança Paulista deve receber R$ 848.007,00, do Governo do Estado, que poderão ser investidos em sinalização, fiscalização, engenharia de tráfego e educação para o trânsito, ou seja, ações que visem a diminuição dos acidentes de trânsito com morte.

Na ocasião, segundo a Divisão de Imprensa da Prefeitura, foram apresentadas estatísticas do Brasil, do Estado e de Bragança quanto às mortes no trânsito, contextualizando a problemática e mostrando iniciativas para reduzir o número de acidentes no trânsito.

Foram apresentadas também, as as diretrizes do programa, desenvolvido pela Secretaria de Governo do Estado de São Paulo, e do convênio a ser celebrado com o DETRAN-SP.

As ações poderão ser realizadas em etapas e o repasse dos valores é posterior, após a prestação de contas. Obrigatoriamente, uma das ações do plano estratégico do município deverá ter o pedestre como foco.

Em 2016, foram registrados em Bragança Paulista 29 óbitos por acidentes no trânsito, a meta é reduzir esse número pela metade.

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito tem como principal objetivo reduzir pela metade as vítimas fatais nos acidentes de trânsito no Estado de São Paulo até 2020. O programa nasceu inspirado na Década de Ação Pela Segurança Viária, período de 2011 a 2020 estabelecido pela Organização das Nações Unidas para chamar atenção para a questão da violência no trânsito.