Skip to content

Bragantino vence Botafogo nos pênaltis e está na final do Troféu do Interior

Fotos: Ari Ferreira/ Red Bull Bragantino

Após vencer o Botafogo nos pênaltis por 4 x 3, com duas belas defesas de Cleiton na noite deste sábado, 1, o Red Bull Bragantino vai disputar a final do Troféu do Interior contra o Guarani, na terça-feira, 4, a partir das 20h. O local do jogo ainda não está definido.

No tempo normal, a partida contra o Botafogo foi 1 x 1.

A final não pode ser realizada nem em Bragança Paulista, nem em Campinas porque ambas as cidades estão na Fase Laranja do Plano São Paulo de retomada.  Nesta fase, não são permitidos jogos nas cidades, conforme protocolos estabelecidos pelo Governo do Estado e Federação Paulista de Futebol.

Red Bull Bragantino está na final do Troféu do Interior

O Red Bull Bragantino decide na Arena Barueri, na próxima terça-feira, às 20h, o Troféu do Interior. A vaga na final contra o Guarani veio pelas mãos do goleiro Cleiton, que estreou no Massa Bruta. Confira como foi:

Posted by Bragança em Pauta on Sunday, August 2, 2020

Braga 1 x  1 Botafogo

Após a eliminação para o Corinthians durante a semana, o técnico Felipe Conceição, optou por escalar um time reserva com Clayton, Léo Realpe,  Léo Ortiz, Barreto, Uillian Correia, Peixoto, Claudinho, Weverton, Alerrandro, Weverson e Luan Cândido. Foi a estréia do goleiro Clayton, com a camisa do Bragantino.

Ao 4 minutos Luan Cândido mandou uma bomba em uma cobrança de falta, mas a bola subiu demais. Já aos 7 minutos, Uillian Correia bateu por cima do gol, após uma troca de passes de Alerrandro  com Claudinho.

O Bragantino ainda teve outras chances no primeiro tempo. A melhor chance de gol aconteceu aos 42 minutos, quando Claudinho bateu um escanteio no segundo pau e Alerrandro cabeceou na trave. A bola ainda desviou no goleiro e não entrou por pouco.

Bragantino final do Troféu do Interior
Segundo tempo

Logo no início do segundo tempo Léo Realpe teve uma chance após cobrança de escanteio de Claudinho. El cabeceou para o gol, mas a bola não entrou.

O técnico Felipe Conceição mexeu na equipe aos 15 minutos. Matheus Jesus, Artur e Ryller entraram no lugar de Matheus Peixoto, Uillian Correia e Barreto.

Quando todo mundo esperava o gol do Bragantino, que teve maior posse de bola, foi o Botafogo que marcou. O gol aconteceu aos 17 minutos. Após um falta cobrada pela esquerda, Matheus Anjos levantou a bola na área.  Wellington Tanque cabeceou e marcou para o Botafogo.

Felipe Conceição fez mais uma substituição aos 27 minutos. Aderlan entrou no lugar de Weverton.

O Red Bull Bragantino empatou aos 35 minutos. Artur deu um passe para Aderlan, que tocou para Matheus Jesus que empatou a partida. Aos 41, Bolt chuta forte de longe, e Cleiton fez a defesa. O Botafogo ainda pressionou, mas não conseguiu marcar o segundo.

Edimar ainda entrou no lugar de Luan Cândido, aos 43 minutos, mas o Bragantino não conseguiu virar a partida.

Pênaltis

O Botafogo começou as cobranças. Rafinha marcou  seu, mas Alerrandro também marcou para o Bragantino. O segundo a cobrar para o Botafogo foi Bolt que também balançou as redes, assim como Claudinho para o Bragantino.

Wellington Tanque marcou o terceiro do Botafogo e Matheus Jesus o terceiro do Bragantino.

O goleiro Cleiton defendeu a cobrança de Gabriel Calabres enquanto que Artur marcou o quarto do Red Bull Bragantino, sendo que na sequência, o goleiro que estreava pelo Red Bull Bragantino pegou mais um pênalti, batido por Guilherme Romão.

Para saber mais sobre o Red Bull Bragantino acesse:  https://bragancaempauta.com.br/tag/red-bull-bragantino/

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados