A Polícia Civil prendeu duas pessoas e apreendeu diversas armas na manhã de segunda-feira, dia 10, em Piracaia.

De acordo com o registrado, policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) tinham informação de que um indivíduo comercializava armas e recarregava munições em sua casa, no centro daquela cidade.

Os policiais identificaram o indivíduo como Paulo Roberto Monteiro, de 61 anos e munidos de mandado judicial se dirigiram até a casa do mesmo.

Paulo foi abordado quando saía de sua casa e disse que depois de ter sido preso, em outra oportunidade, não possuía mais nenhuma arma em casa. O que não era verdade.

Os policiais encontraram então três galpões aos fundos da residência e realizaram uma vistoria no local encontrando então: 1 granada desativada, 4 canos de espingarda, 5 coronhas de fabricação caseira, espingardas, garruchas artesanais, e muita munição de uso restrito, entre elas, munição de fuzil, metralhadora, pistolas e revólveres.

Havia inclusive munições de uso policial como munição de calibre 40, 45 e 9 mm e munições de uso restrito do exército.

Também foram apreendidas miras telescópicas de uso tático, apetrechos para fabricação de armas de fogo e maquinários para recarga de armas de fogo.

Segundo o delegado titular da DISE, Matheus de Campos Pinheiro, foram apreendidas mais de 100 munições e mais de 15 armas. O delegado informou que Paulo Monteiro é colecionador de armas e já foi preso por duas vezes, em 2005 e 2008, sendo que a polícia está investigando agora para quem ele comercializava estes armamentos e munições.

Confira a entrevista feita pela jornalista do Bragança Em Pauta, Ana Oliveira, com o delegado. A entrevista foi ao ar pela Rádio Bragança AM, no Programa Primeira Mão na manhã de hoje.

 

Na sequencia, os policiais realizaram uma diligência em outra casa, também em Piracaia, pois tinham informação de que um outro indivíduo também possuía armas no local ilegalmente.

O rapaz foi identificado como João Antonio da Cunha, de 68 anos e em sua casa os policiais encontraram 01 espingarda calibre 32 com 23 munições intactas, 01 revólver calibre 32 com 13 munições intactas, munições e caixas contendo pólvora, chumbo e espoletas.

Os dois foram conduzidos à DISE, autuados em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições e recolhidos à cadeia.