Gerson Luiz Regagnin, de 56 anos foi assassinado com um tiro na noite de sexta-feira, 20, em Itatiba.

O crime aconteceu na casa do homem na Rua Joaquim Rangel Barbosa, Bairro Cidade Jardim, em Itatiba e foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte). O assassino, segundo a mulher da vítima fugiu levando o carro da família, uma Nissan Frontier.

Conforme o apurado pelo jornal Bragança Em Pauta, a Polícia Militar foi acionada por testemunhas que ouviram gritos de pedido de socorro, após um disparo de arma de fogo.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram Simone Aparecida Regagnin, de 31 anos, deitada na garagem, chorando, em estado de choque.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A mulher sequer conseguira abrir o portão pois não sabia onde estavam as chaves.

Os policiais entraram então na casa e encontraram o homem caído no corredor, que dá acesso aos quartos. O Corpo de Bombeiros chegou a  ser acionado, mas Gerson já estava morto, por causa dos ferimentos causados pelo tiro que levou na cabeça.

A casa estava toda revirada e a TV ligada.

Os policiais tiveram que arrombar um dos cômodos que estava trancado, mas não havia ninguém no local.

A janela do quarto do casal estava aberta e havia sinais de pegadas na parede.

A mulher relatou à polícia militar que saiu de casa por volta das 19h30, mas que logo voltou porque passou mal pois tinha tomado um antidepressivo.

Relatou ainda que quando entrou na casa foi abordada por um homem, encapuzado, que anunciou o assalto e a agrediu com um soco na face.

A mulher disse que foi trancada no quarto e que desmaiou.

Ela informou ainda que o marido não estava no local no momento do assalto e que somente quando ela acordou e retomou a consciência pulou a janela e foi até a varanda para pedir socorro. Neste momento, relatou que encontrou o marido caído no chão.

O caso teve registro como latrocínio na Polícia Civil de Itatiba. A autoridade de plantão esteve no local assim como a perícia.

As investigações sobre a ocorrência continuam.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *