As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para o segundo semestre de 2017, estarão abertas a partir de hoje, dia 25 e vão até sexta-feira, dia 28.

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram um financiamento e buscam cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas.

Segundo dados do Ministério da Educação, antes de se inscrever, o estudante pode consultar as instituições e os cursos ofertados na página eletrônica do Fies Seleção.

A relação dos candidatos pré-selecionados para o segundo semestre de 2017 será divulgada no dia 31, mesma data em que será aberta a lista de espera.

Podem se inscrever no Fies os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Segundo o MEC, os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), no período de 1º de agosto a 8 de setembro.

A convocação dos alunos que manifestarem interesse em participar da lista de espera ocorrerá de 1º de agosto a 3 de setembro. O período de inscrições para as vagas remanescentes será aberto em 11 de setembro. Os prazos variam de acordo com a condição do aluno.

NOVO FIES

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades.

No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, das quais 100 mil a juros zero, para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

Na segunda modalidade, o Fies terá como fonte de recursos fundos constitucionais regionais, para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros baixos e risco de crédito dos bancos. Serão ofertadas 150 mil vagas em 2018 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Na terceira modalidade, o Fies terá como fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros baixos para estudantes com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos.

BOLSAS DE ESTUDO

Se você não se enquadra nos critérios para se inscrever no FIES, já escolheu sua profissão e quer uma bolsa de estudos a nossa dica é o Quero Bolsas, que oferece bolsas de estudos de até 75%.

Existem bolsas para as faculdades de Bragança Paulista, como  USF e  FESB mas também tem bolsas para mais de 1 mil instituições de ensino, em todo o país.

São bolsas para cursos de graduação e pós-graduação, cursos presenciais e a distância.

Corre lá e garanta a sua Bolsa de Estudos.