Margarete Rodrigues da Silva, de 54 anos foi atropelada na Rodovia Capitão Bardoíno, que liga Bragança Paulista à Socorro, na noite de segunda-feira,  11.

Tudo aconteceu quando um homem, de 51 anos, trafegava em  direção à Bragança na condução da motocicleta Yamaha/YBR 125, bege, placa DJT-4812/BP e na rotatória de acesso ao Parque dos Estados foi surpreendido por duas mulheres atravessando a pista.

O rapaz ainda freou, mas não conseguiu evitar o atropelamento.



Margarete foi atingida e ficou ferida sendo socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros ao Hospital Universitário.

José caiu da moto e também sofreu ferimentos leves.

Segundo a filha da vítima, que a acompanhava, elas não viram a moto. A ocorrência foi registrada no Plantão Central da Polícia Civil.

O atropelamento traz a tona mais uma vez a discussão sobre a necessidade de obras na rodovia, seja de revitalização dos acessos aos bairros como São Miguel e Parque dos Estados, seja na implantação de passarelas, para travessia de pedestres, nestes locais,mais movimentados.

A promessa destas melhorias é feita há anos mas até agora não saíram do papel.

A reportagem do jornal on line Bragança Em Pauta recebeu diversos questionamentos de leitores: “Cadê a passarela?”.

 

3 Comentários

  1. “Revitalização dos acessos aos bairros como São Miguel e Parque dos Estados”, também devemos incluir a do Jardim Iguatemi, ondem empreendimentos foram lançados e novos loteamentos estão a todo vapor…. Sem nenhuma estrutura de acessibilidade, sem contar os dibres na legislação!
    Estamos numa Máfia dos condomínios e Loteamento na cidade, onde as grandes empresas e os orgãos municipais lucram com lançamentos.
    Ass; Eng. Anônimo

  2. Não tem passarela, não tem calçada… passo por essa vicinal todos os dias… vejo pessoas pedalando no canto da faixa, pedestres andando na lama e se esquivando do mato alto. Nem em frente ao Poupa Tempo tem um lugar digno para as pessoas atravessarem a rodovia… um desrespeito sem tamanho com o cidadão.

Deixe uma resposta