Atualizada dia 09/01/2019 às 21h30

Um policial militar de Itatiba, atirou contra a ex-mulher na noite de domingo, 6, e na sequência fugiu. O PM que atirou contra a ex  se apresentou na delegacia dois dias depois da tentativa de homicídio, ou seja, nesta terça-feira, 8.  Ele foi ouvido e liberado.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, a ocorrência aconteceu no Jardim Arizona. A ex-mulher do PM saiu do supermercado onde trabalha com seu atual namorado. Os dois perceberam quando o PM passou a segui-los.

O namorado da vítima decidiu seguir com o carro em direção à delegacia. Antes de chegarem na delegacia, entretanto, o PM fechou o carro e efetuou dois disparos.

A mulher foi atingida no braço direto e socorrida à Santa Casa de Itatiba e posteriormente transferida para um hospital particular. Ela teve que passar por cirurgia.

O PM que atirou na ex se apresentou na delegacia nesta terça-feira, 8. Ele foi ouvido pela Polícia Civil e liberado. O caso foi registrado como tentativa de homicídio.

Além da investigação da Polícia Civil, como a ocorrência envolve um policial militar, o caso também será apurado pela Corregedoria. A arma do PM foi apreendida, assim como o carro que ele usou no dia do crime.

Os dois tiveram um relacionamento longo, de cerca de 15 anos. Chegaram a se separar em 2017, mas retomaram o relacionamento se separando novamente no início de 2018.

Ocorrências envolvendo casais e ex-casais é um dos temas que crescem em todo o país e preocupam. Pelo menos 12 mulheres foram assassinadas Brasil somente nestes 8 primeiros dias de 2019. A maioria dos casos, vítimas de violência doméstica, assassinadas pelos maridos, namorados, ou ex-companheiros.

 

 

 

 

Deixe uma resposta