região investimentos HUSF

Fotos: Filipe Granado

Em novembro de 2018 foi lançada a pedra fundamental para implantação do Serviço de Radioterapia em Bragança Paulista. O investimento é de mais de  R$ 6 milhões e um novo prédio, com área total de 722,35 m² está sendo construído dentro do Complexo Hospitalar Universitário São Francisco (HUSF). 

Na segunda-feira, 22, vereadores de toda a região, a convite do vereador Moufid Doher visitaram as obras. A ideia do vereador é que a região se organize na busca de investimentos. Com emendas parlamentares, a intenção é fazer a implantação de um serviço de ressonância magnética no hospital.

Antes de visitar as obras, os vereadores participaram de uma reunião com o diretor administrativo do hospital, Frei Roberto. Também participaram da reunião, Leandro José Uliam, gestor administrativo e o médico Pedro Izzo, que é diretor técnico do hospital.

Na oportunidade, eles ressaltaram a importância do hospital ter além da radioterapia o serviço de ressonância magnética. Para isto é necessário, no entanto, um investimento de mais R$ 6 milhões.

Também falaram das dificuldades e falta de vagas, pela qual a instituição passa. Eles ressaltaram ainda que os vereadores precisam buscar junto aos seus deputados, mais do que emendas para compra de ambulâncias. Pediram apoio para conquistar emendas para custeio e ampliação dos serviços.

Sobre a Radioterapia, lembraram que atualmente não há este serviço disponível na região. Com isto, os pacientes que precisam do tratamento têm que se e deslocar até Campinas ou São Paulo. A viagem, aliás,  acaba sendo mais um sofrimento para os dontes.

Região buscando investimentos

Participaram da reunião presidentes das Câmaras Municipais e vereadores das cidades de Piracaia, Perdões, Joanópolis, Socorro, Pedra Bela, Nazaré Paulista, Vargem, Tuiuti, bem como Pinhalzinho.

O vereador Moufid Doher, disse à reportagem do Bragança Em Pauta, que esta é apenas a primeira reunião de muitas que acontecerão com as lideranças da região em busca de recursos para a ressonância. Acrescentou também que espera que a atual administração ao invés de pensar apenas em gastar com reformas de prédios, faça sua parte no investimento na saúde.

A ideia é que cada vereador, busque junto à deputados emendas parlamentares para a compra, bem como instalação e custeio do equipamento, importante no diagnóstico do câncer.

O grupo também deve procurar o governo do Estado em busca dos investimentos.

Durante a reunião, o Frei Roberto ressaltou que na quarta-feira, 24, estará também reunido com secretários de saúde da região. Na oportunidade deve falar não só das dificuldades que o hospital atravessa mas também da implantação da Radioterapia. A necessidade de um equipamento de ressonância para atender a região também estará na pauta.

 

 

Deixe uma resposta