Começa no sábado, 4, e vai até o dia 31 de agosto, a Campanha Nacional de Vacinação contra poliomielite (paralisia infantil) e sarampo.

Nos dias 4 e 18 acontecem os dias ‘D’, da mobilização quando todas as unidades com salas de vacina estarão abertas para vacinação.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde a meta para este ano é imunizar 95% do grupo alvo, formado por crianças com idade de 1 a menores de 5 anos. Os adultos com idade até 58 anos que desejam tomar as vacinas devem procurar uma unidade de saúde durante a semana e verificar a necessidade receber a dose.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Em Bragança Paulista, tanto no sábado, 4, como no sábado, 18, estarão abertas as seguintes unidades de saúde para vacinação:

  • Santa Luzia,
  • Vila Aparecida,
  • São Vicente,
  • Toró,
  • Casa de jesus,
  • Madre Paulina,
  • Planejada 2,
  • Pedro Megale,
  • Nilda Colli,
  • Água Comprida,
  • CDHU,
  • Centro de Saúde,
  • Parque dos Estados 1,
  • Parque dos Estados 2,
  • São Lourenço,
  • São Miguel,
  • Cidade Jardim,
  • Henedina Cortez,
  • Água Claras,
  • Vila Davi,
  • Planajeda 1,
  • Vila Bianchi,
  • Vila Mota
    Hípica Jaguari

No total são 24 unidades abertas para vacinar a população e a expectativa da administração é de que 7.032 crianças recebam a dose.

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas e provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. Em algumas partes do mundo, a doença é uma das principais causas de morbimortalidade entre crianças menores de 5 anos de idade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *