Bragança Paulista totaliza 73 mortes de COVID-19 desde início da pandemia. Setembro tem 20 mortes confirmadas e duas em investigação.

No boletim deste domingo, 27, a Prefeitura de Bragança Paulista divulgou a confirmação de mais um óbito por causa da COVID-19 e também mais uma morte suspeita. A vítima de nº 73, conforme o já noticiado no sábado, 26, pelo Em Pauta é a nutricionista Luciana Xavier, de 50 anos.

Ela faleceu com COVID-19  no final da tarde de sábado, 26, na UTI da Santa Casa de Bragança Paulista, onde estava internada com coronavírus.

Luciana Xavier é a terceira vitima fatal da área de saúde em Bragança Paulista. Domingos Loli que prestava serviços para a Prefeitura de Bragança Paulista, via Organização Social de Saúde faleceu no dia 31 de agosto.

Além disso, a agente comunitária de Saúde, Sidnea Ramos, de 52 anos, faleceu no dia 25 de julho.

A morte tem como vítima um homem, de 89 anos, que evoluiu a óbito em sua residência na última quarta-feira, 23. O exame foi colhido e encaminhado para análise do Instituto Adolfo Lutz.

No boletim de hoje não foram confirmados mais casos de COVID-19 nas 24 horas. Sendo assim, o município continua com 4293 casos da doença desde o início da pandemia.

VEJA TAMBÉM:

Prefeitura libera barracas de roupas nas feiras livres
Asilo realiza almoço beneficente drive thru

Balanço das Mortes

Desde o início da pandemia o município tem 73 mortes confirmadas para COVID-19. Agora, aliás, tem também duas mortes em investigação.

Das 73 mortes confirmadas um total de 20 são de moradores de asilo, sendo 12 do Jardim Público, 7 do asilo da Vila Bianchi, bem como 1 da Casa São Luiz, que abriga freiras idosas.

Dos 73 mortos, 38 eram homens e 35 mulheres, sendo que 13 tinham menos de 60 anos. Já as outras 60 vítimas tinham 60 anos ou mais.

Até agora, agosto é o mês com maior número de mortes no município. São 21 mortes no mês de agosto. Setembro já é o segundo mês com mais mortes confirmadas para COVID-19.  São 20 mortes até agora, contra 15 no mês de julho.  Do início da pandemia até o final de junho, aliás, foram 17 mortes no total.

OUTROS NÚMEROS

O boletim de hoje indica que dos 4293 casos confirmados de COVID-19 desde o início da pandemia, 2573 pacientes estão recuperados. Também mostra que foram notificados ao Ministério da Saúde mais um caso suspeito. Com isto, o município pulou de 7235 notificações para 7236.

Da mesma forma que não registrou novos casos confirmados, o boletim de hoje não indica casos descartados para COVID-19. O município tem hoje 210 pacientes esperando os resultados dos exames. No dia anterior eram 209.

Dos 40 leitos de UTI SUS, para tratamento de COVID-19, 50% estão ocupados. A taxa chegou a baixar no meio da semana, mas voltou a subir. Os 40 leitos de enfermaria, por sua vez, estão com 32,5% de taxa de ocupação. Os leitos, no entanto, vale destacar que são para atendimento de pacientes não só de Bragança Paulista, mas de toda a região.

Além disso, o boletim de hoje indica que entre leitos de enfermaria, bem como de UTI, tanto SUS como particulares, estão internados com confirmação de COVID-19, um total de 18 pacientes de Bragança Paulista. No dia anterior eram 19. Além disso, 7 pacientes continuam aguardando internados os resultados de seus exames. Mesmo número, aliás, do dia anterior.

INFORME-SE

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta