Campanhas nas mídias sociais pedem a saída de Wesley do Red Bull Bragantino. Jogador é condenado por agredir a ex-companheira.

Na noite de sexta-feira, 16, o Santos anunciou oficialmente a suspensão de contrato com o jogador Robinho, condenado em primeira instância na Itália por violência sexual.

Isto ocorreu, após pressão de torcedores e patrocinadores nas mídias sociais, indignados com a contratação do atleta.

Em Bragança Paulista, ao menos três páginas de torcedores relacionados ao Red Bull Bragantino também se manifestaram na última semana, com relação ao jogador Wesley Pionteck, condenado em segunda instância por violência doméstica contra sua ex-namorada.

A manutenção da condenação ocorreu em julho deste ano no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e foi revelada com exclusividade pelo Bragança Em Pauta no último dia 8, após Wesley ser encaminhado à delegacia da cidade.

Na ocasião, ele constava como procurado da Justiça, por questões administrativas. Fontes ligadas ao Red Bull informaram na ocasião, que por estar cumprindo pena em regime aberto, Wesley precisar informar de tempo em tempo onde está. Inclusive, o Red Bull se responsabilizava por este trâmite. Todavia, como Wesley se machucou e parou de jogar, provavelmente ele teria parado de comunicar à Justiça onde estava e nisto foi emitido o comunicado de supostamente estar foragido.

CENTRAL DO RB BRAGANTINO

No Twitter, o perfil “Central do RB Bragantino”, que conta com mais de 13 mil seguidores, postou um trecho de uma frase do próprio atleta: “Perdi a cabeça por ciúmes”, acompanhado do seguinte texto – Disse Wesley, atacante do RB Bragantino, após agredir e golpear sua namorada com uma faca. Cara, surreal. Eu como torcedor eu sinto VERGONHA de ter um cara desses no elenco, esse cara merece CADEIA! Red Bull Bragantino, espero um posicionamento. (trecho transcrito na íntegra).

A postagem teve mais de 8.500 curtidas, 2.200 retuitadas (compartilhamentos) e mais de 170 comentários.

A mesma página postou matérias sobre o caso, cobrou posicionamentos do clube e outros textos menores. Além disto, iniciou a campanha #ForaWesley, que conta com centenas de mensagens de apoio, de todo país.

BRAGA MIL GRAU

A página no Instagram que conta com mais de 4 mil seguidores postou em seu Stories, durante a semana: “A página Braga Mil Grau vem a público anunciar repúdio ao camisa 27 que em nada representa os valores da página. Não iremos citar o nome desse jogador em qualquer contexto”.

Posteriormente, cobrou um posicionamento da direção da Red Bull: “Mais um dia e ainda nenhum pronunciamento do Red Bull Bragantino sobre o camisa 27. Se você concorda com a permanência desse jogador no clube, por favor, pare de nos seguir. Violência Doméstica não vai passar em branco!”. O post teve mais de 100 curtidas.

SOMOS RED BULL BRAGANTINO

Outra página que também se manifestou sobre o “Caso Wesley” foi a “Somos Red Bull Bragantino”, que conta com mais de 2 mil seguidores.

Os administradores postaram a matéria do Em Pauta e comentaram: “Nós da Somos Red Bull Bragantino não somos de acordo com a permanência do atleta no clube e esperamos um posicionamento do Red Bull Bragantino”.

Mais de 80 pessoas curtiram o posicionamento.

WESLEY PRIVA SUA CONTA NO INSTAGRAM

Após a publicado da matéria do Em Pauta, o jogador Wesley mudou a configuração de privacidade de sua conta no Instagram. Agora, suas postagens não são mais públicas e ele criou uma conta nova, voltada aos que acompanham sua carreira futebolística.

REPERCUSSÃO NACIONAL

O “Caso Wesley” se tornou pauta nacional, como um dos jogadores da Série A do Campeonato Brasileiro, que tem condenação na Justiça por violência doméstica. Matérias foram publicadas também pelo GloboEsporte.com, Veja São Paulo, Portal R7, Portal Futebol Interior e Correio Brasiliense.

POSICIONAMENTO DO CLUBE

Ao Globo Esporte, o Red Bull informou que: ““a pena imposta pela Justiça vem sendo cumprida exatamente como determinada e não há reincidência por parte do jogador. O clube acompanha o caso e acredita que uma rescisão de contrato vigente ou algo semelhante acabaria com qualquer chance de reintegração do indivíduo perante a sociedade”. O presidente de futebol, Thiago Scuro, até o momento não se manifestou sobre a questão.

Na penúltima rodada, na partida contra o Atlético Goianiense, Wesley foi relacionado pela primeira vez em 2020, após se recuperar de lesão. Já no jogo contra o Flamengo, sentiu dores na coxa direita e não foi. E após toda repercussão envolvendo seu nome, para a partida deste domingo, 18, contra o Sport, em Bragança Paulista, também não configura entre os relacionados.

Para saber tudo sobre o Red Bull Bragantino, aliás, é muito fácil. Acesse o link:  https://bragancaempauta.com.br/tag/red-bull-bragantino/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região, no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta