SAMUVET e Castramóvel

Mais um importante passo para a implantação do SAMUVET e do Castramóvel em Bragança Paulista foi dado.  No final da tarde de segunda-feira, 18, a Prefeitura assinou contratos com a Associação de Proteção aos Animais Faros d’Ajuda. Os contratos são para a gestão compartilhada do Abrigo Municipal de Cães e Gatos e a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Veterinário – SAMUVET.

Além disso, na mesma oportunidade foi assinado contrato com empresa A. A. Amazon para a implantação do Castramóvel.

Para que o SAMUVET e o Castramóvel entrem em operação, no entanto, ainda é necessária homologação do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

A solenidade contou com a presença, entre outras autoridades do deputado Edmir Chedid. Ele ressaltou que o investimento, além de prestigiar o bem-estar animal também envolve políticas de saúde pública, bem como de meio ambiente importantíssimas.

“Agora, em Bragança temos uma ambulância para atender os animais de rua com resgate 24h e um Abrigo Municipal que olhará por eles no atendimento e recuperação. Vamos promover saúde e qualidade de vida aos animais doentes ou machucados que não têm donos. Além disso, com o Castramóvel, vamos garantir que milhares sejam castrados e o números de animais abandonados diminua”, disse o prefeito Jesus Chedid.

O SAMUVET prestará um serviço de resgate dos animais de rua doentes e machucados 24h. O atendimento é destinado, por exemplo, para animais de rua – sem dono – doentes, feridos, machucados ou em situação de risco

 

Castramóvel

Na solenidade, o Secretário do Meio Ambiente Alexandro de Souza Moraes afirmou que com o Castramóvel o numero de castrações de cães e gatos aumentará 600% no município.

Ao longo de um ano, serão cerca de 3000 cirurgias de esterilização com a identificação desses animais por microchip.

Foi anunciado na oportunidade que a primeira etapa de castrações ser[a realizada na Zona Norte. A data e inscrições serão divulgadas após a homologação do serviço.

A empresa A. A. Mazon que será responsável pelas castrações atenderá, prioritariamente, animais em situação de rua e famílias de baixa renda. Os atendimentos serão realizados em diversos bairros, inclusive da Zona Rural.

Abrigo municipal

O Abrigo Municipal de Cães e Gatos funcionará 24h para o monitoramento e acompanhamento dos animais abrigados no local. Além disso, também fará 24h o atendimento emergencial dos resgatados pelo SAMU-Vet, ou seja, animais de rua – sem dono – doentes, feridos, machucados ou em situação de risco.

A ambulância permanecerá no abrigo, onde será acionada para os resgates por meio de um telefone próprio. O contrato de 12 meses prevê a aplicação de 838 mil reais.

A Presidente da Associação, Márcia Davanso, falou sobre o grande desafio desse novo modelo adotado. Ela  ressaltou que este, aliás, é um momento histórico do município. Disse ainda que é necessário combater o real problema, ou seja: o abandono de animais nas ruas da cidade.

 

 

Deixe uma resposta