Idosa morre após ser atropelada por moto

Irene Maria Vichiatti de Moraes, de 82 anos, morreu na tarde de sábado, 26, em Bragança Paulista. Ela foi vítima de um atropelamento. O motociclista e o garupa envolvidos no acidente fugiram.

De acordo com o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, o atropelamento ocorreu na Avenida Dr. José Adriano Marrey Júnior. por volta das 9h55, na altura do Supermercado Esperança.

A Polícia Militar esteve no local do acidente assim como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros.

Conforme o apurado preliminarmente pela PM no local do acidente, a idosa morreu após ter sido atropelada por um motociclista que estava em um moto vermelha. Ele levava na garupa um passageiro. Os dois não prestaram socorro à vitima e fugiram logo após o acidente. O garupa chegou a encobrir a placa da moto durante a fuga.

A idosa não resistiu aos ferimentos e faleceu por volta das 14h. Ela, aliás, não portava nenhum documento no momento do acidente e foi identificada horas depois quando a família procurou a polícia para registrar um boletim de desaparecimento.

O sepultamento de Irene Maria Vichiatti de Moraes está marcado para as 17h.

Identificação da moto envolvida no atropelamento

O caso da idosa que morreu atropelada deverá ser investigado pela policia civil. No cruzamento existem equipamentos de OCR, ou seja, equipamentos capazes de capturar todas as placas de veículo que passam pelo local, o que ajudaria e agilizaria o trabalho da polícia.

Os equipamentos, no entanto, estão desligados desde maio de 2018. O contrato com o Consórcio Via Segura venceu na época e a Prefeitura não renovou o mesmo, alegando que estava finalizando uma licitação em andamento.

Leia + https://bragancaempauta.com.br/radares-comecam-a-ser-desligados-em-braganca-paulista/

Passados 8 meses, no entanto, o contrato com a empresa Splice, vencedora da licitação não foi sequer assinado. Apesar da Prefeitura ter anunciado que assinaria o contrato com a empresa e daria ordem de serviço na última segunda-feira, 21, a assinatura foi cancelada sem qualquer justificativa.

Nenhuma nova data de assinatura do contrato ainda foi divulgada. Além de OCRs os radares no município também continuam desligados por causa disto. 

Leia + https://bragancaempauta.com.br/instalacao-de-mais-radares-em-braganca/

 

Deixe uma resposta